50 anos desde a morte de Stefan Zweig

IZABELA MARIA FURTADO KESTLER

Abstract


Stefan Zweig, com certeza não ficou sabendo antes de sua morte por suicídio a 22 de fevereiro de 1942 en Petropólis (Brasil), da dimensão do holocausto na Europa. Há registros, no entanto, de que êle estava informado sobre a perseguição sofrida pelos judeus e sobretudo sobre os pogroms ocorridos na Alemanha e na Austria. Stefan Zweig todavia não se manifestou publicamente sobre o assunto. Tal silêncio se explica por duas razões principais.

Full Text:

HTML




© 2017 Tel Aviv University